Umidade e infiltrações na construção: como a lona certa pode ajudar?

É até bem simples constatar que os danos provocados por umidade e infiltrações são os mais comuns nos dias de hoje. Embora considerados primários, esses danos podem evoluir para problemas maiores. Como evitar isso? Utilizando lona para construção.

Ficou curioso para descobrir como a lona pode deixar as construções mais seguras? Então continue acompanhando o post!

Quais são os tipos de infiltrações mais comuns?

Podemos dizer, de um modo resumido, que a infiltração começa quando a água se movimenta para dentro da construção. No entanto, não podemos dizer que há apenas um tipo de infiltração, já que as causas podem variar. Conheça os principais tipos:

Por capilaridade

Nesse caso, a umidade sobe do solo úmido e é chamada de umidade ascensional. Digamos que a água passa pelos materiais que apresentam canais capilares (blocos cerâmicos, argamassas, madeiras) até chegar ao interior das construções.

Além da água presente no solo, os sais existentes tanto no terreno quanto nos materiais de construção são dissolvidos pela água e também são transportados. Quando essa água evapora, os sais cristalizam e fecham os poros, aumentando o nível de umidade.

Por percolação

É quando acontece a penetração da água da chuva (ou mesmo do banho) nas estruturas através das fissuras e até mesmo dos poros de materiais não impermeabilizados. Resumindo: é a passagem de água por um material poroso.

Por evaporação

Acontece quando a água que ataca uma superfície evapora. Para exemplificar: imagine a água quente do chuveiro. Embora ela vá embora pelo ralo, o vapor pode danificar o teto do banheiro. O mesmo acontece dentro de reservatórios de esgoto ou água.

Por pressão hidrostática

Nesse caso, há dois tipos de pressão: a positiva e a negativa e ambas são caracterizadas pela pressão exercida pela água. Enquanto a primeira exerce pressão diretamente na impermeabilização, a segunda exerce no sentido oposto.

Como a umidade prejudica a obra?

Muitas pessoas associam a umidade apenas ao aspecto visual. No entanto ela causa problemas bem maiores que podem comprometer inclusive a estrutura da construção.

Um exemplo? O contato da umidade com as estruturas metálicas do imóvel. O que acontece é um processo de oxidação, que provoca a corrosão das armaduras.

Os problemas também podem atingir outras áreas do imóvel. É o caso dos pisos, tetos e paredes. Veja aqui como isso prejudica o trabalho na obra e como contornar o problema:

Pisos

A água do solo sobe pela alvenaria e pode atingir até um metro de altura. A consequência é a destruição do revestimento e também da pintura da parede, que passa a apresentar empolamentos.

Paredes e tetos

Além de favorecer a proliferação de fungos e bactérias, a umidade nesses locais pode causar infiltrações, vazamentos, eflorescência e manchas.

Como a lona para construção previne o problema?

A função da lona vai ser impermeabilizar, isto é, proteger o espaço da ação da água. A indicação é de que duas camadas sejam colocadas sob todo o contrapiso. Além disso, recomenda-se contornar as vigas do baldrame.

Cabe também ressaltar que não é qualquer lona. Para garantir a eficácia da impermeabilização e, consequentemente, a qualidade do serviço prestado, escolha sempre aquelas pensadas exatamente para tal finalidade.

Dentre os tipos de lona, você vai encontrar a lona super leve, leve, forte e a extra forte, que protegem sua obra da umidade, são resistentes e evitam infiltrações.

Tanto a umidade quanto as infiltrações são consideradas “patologias” da construção civil. Mas, como você viu aqui aqui, com a lona para construção fica mais simples prevenir o problema e oferecer um serviço de qualidade.

Agora que você conhece as vantagens de usar a lona para construção, já pode entrar em contato com a gente e conhecer melhor as nossas opções. É só acessar nossa página de contato!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Sensemaking – Capítulo I

O mesmo tempo que existia na Idade Média existe agora. As mesmas 24 horas que a Natura e a Apple tem, sua empresa tem. Então

A história do Ibama e suas missões

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia federal dotada de personalidade jurídica de direito público, autonomia administrativa

ESG – a bússola

Em 2004, o então Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, convidou mais de 50 CEOs de instituições financeiras a apoiarem o Pacto Global da ONU e

Abrir bate-papo
Fale com a gente!