Saiba como tirar umidade da parede e evitar transtornos

Uma parede com umidade é algo que não passa desapercebido por ninguém. Manchas escuras, bolhas na tinta e até mesmo mal cheiro são sinais que chamam bastante atenção de alguém que frequente um ambiente afetado por esse problema. Sabendo disso, como tirar umidade da parede?

Resolver um problema tão desagradável como esse não é complexo e demanda um tempo relativamente curto. Para entender melhor como fazer isso, continue lendo este artigo e aprenda dicas simples de como se livrar da umidade nas paredes. Acompanhe!

Quais são as principais causas da umidade nas paredes?

Apesar de também ocorrerem problemas com umidade em apartamentos, as casas são as construções mais afetadas pelo problema. Isso acontece devido ao contato da construção com o solo facilitar a penetração de água em algumas situações.

Caso não tenha sido feita uma boa impermeabilização nas paredes de uma residência, uma chuva forte pode ser suficiente para que se inicie um processo de umidificação daquela construção. Um cano quebrado no banheiro ou na cozinha também são responsáveis por esse tipo de problema.

Outra possível causa da absorção de água pelas paredes é a proximidade de rios ou lagos, além do próprio contato com o solo, que costuma ser afetado pela água dos lençóis freáticos ou de vazamentos em tubulações.

O problema também pode acontecer quando outras construções estão em andamento nas proximidades do terreno, já que em várias etapas de uma obra se faz bastante uso de água.

O que acontece quando há umidade nas paredes?

Não se preocupar em fazer a impermeabilização das paredes de uma construção é um erro e deve ser evitado. Mas quando isso acontece, identificar os sinais de uma infiltração o mais cedo possível é importante para que o dano não se espalhe para uma área cada vez maior.

Os sinais mais claros que indicam a existência de umidade na parede são o aparecimento de manchas escuras e a formação de bolhas na tinta. Outro indicador é perceber que partes daquela superfície estão mais frias do que o resto. Basta tatear uma parede onde exista a suspeita de infiltração para observar esse resfriamento.

Quando o processo de infiltração já está avançado começa a ocorrer a descamação do revestimento, com a tinta ficando frágil e descolando da parede. Nesses casos fica evidente a necessidade de intervenção no local. Então vamos entender o que pode ser feito para reparar esse problema.

Afinal, como tirar umidade da parede?

O ideal é que exista um checklist de tudo o que precisa ser feito em uma construção, para que nada seja esquecido — incluindo a impermeabilização. Porém, quando o problema de umidade nas paredes já está acontecendo, o que fazer?

Primeiro é preciso observar a origem das manchas para saber se o problema está sendo causado pela chuva, por algum vazamento na tubulação ou pela absorção de água pelo solo. Isso é importante para que a fonte do vazamento seja reparada.

Uma opção para limpar a parede afetada pela umidade — e que na maioria das vezes acaba ficando mofada — é aplicar uma mistura de água com água sanitária. Também é possível utilizar outros produtos que possuam cloro, esfregando a região com uma esponja ou escova. Depois é só aplicar algum impermeabilizante para que não volte a acontecer infiltração.

Outra dica é a utilização de aparelhos desumidificadores de ar, que devem ser posicionados nos ambientes mais suscetíveis aos efeitos da umidade. Também existem soluções mais simples, como encher um recipiente com giz escolar e deixá-lo nesses ambientes afetados, uma vez que o material do giz absorve a umidade do ar.

Seguindo a mesma linha da dica anterior, recipientes com bicarbonato de sódio também podem ser espalhados pelas áreas mais úmidas de uma casa. Quando o produto — que é um pó — começar a apresentar bolinhas de material aglomerado, significa que água foi absorvida e está na hora de trocar o conteúdo por um novo.

E então, viu como tirar umidade da parede é mais fácil do que parece? Basta seguir as dicas que apresentamos acima e ficar tranquilo. Estes são cuidados simples que evitam problemas maiores no futuro.

Agora que você aprendeu essas dicas, que tal entender como proteger móveis e pisos durante uma reforma?

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

A origem da Tambasa graças ao seu Miguel

O artigo “A origem da Tambasa graças ao seu Miguel” mergulha profundamente na fascinante trajetória da Tambasa, uma empresa que se destaca por suas raízes