Qual a dosagem recomendada de chorume na fertilização de pastagens?

A produção rural abastece inúmeros lares em nosso país. Ela fornece alimentos e produtos que são essenciais para a rotina de uma pessoa, como carnes, ovos, leites, frutas e verduras.

Quando os trabalhadores do campo não atuam com eficiência, todo esse potencial é colocado em risco. Uma prática errada pode dizimar a safra de uma fazenda — e você deve evitar essas situações de qualquer forma.

Alguns produtores têm dúvidas e acabam não alcançando os resultados que desejam. O uso de chorume na fertilização de pastagens é um de seus principais exemplos.

Isso acontece porque muitos acreditam que o chorume seja um líquido tóxico e que causa grandes estragos quando não é utilizado de maneira correta, como a contaminação dos cursos d’água. Esse conceito não está errado em uma primeira análise, mas é possível aproveitá-lo de maneira correta e obter resultados positivos.

Por esses motivos, este post vai explicar como esse composto é importante para aumentar a produção, garantir a qualidade da produção, otimizar os investimentos financeiros e preservar o meio ambiente. Tenha muita atenção em sua leitura e aproveite!

Como usar o chorume na fertilização de pastagens?

A cada dia, novas tendências são introduzidas na produção rural. Atualmente, é possível utilizar drones para monitorar a propriedade e adotar softwares que controlam tudo o que acontece na gestão.

O pensamento sustentável e economicamente viável fomenta o uso de novas técnicas e práticas na rotina de trabalho de um engenheiro-agrônomo. Aproveitar integralmente todos os recursos disponíveis na fazenda é um critério determinante para o sucesso da gestão. Por isso, o chorume pode ser aproveitado em pequenas, médias e grandes propriedades.

Qual é a dosagem recomendada?

Antes de tomar qualquer atitude, você deve conhecer o solo da sua fazenda. É necessário fazer um estudo para determinar as propriedades e as quantidades de cada componente existente.

Após isso, é preciso analisar a composição da alimentação dos animais, a fim de entender melhor qual será o resultado encontrado no chorume. A fertilidade do solo e o tipo de cultura não podem ser deixados de lado também.

Apesar de todas essas incógnitas, é recomendado utilizar uma dosagem máxima de 90 metros cúbicos por hectare em solo ideal, ou seja, plano, profundo, argiloso e no topo do relevo. Além do mais, dosagens de 20-40 toneladas por hectare são tecnicamente permitidas para compostos orgânicos e esterco.

Quais são as suas vantagens?

Agora, você vai descobrir os benefícios do chorume na fertilização de pastagens:

Protege o meio ambiente

A preservação do meio ambiente é um dever de todos. Simples detalhes fazem toda a diferença para proteger a natureza e permitir um futuro melhor para as próximas gerações. A contaminação dos lençóis freáticos é um problema que gera sérias consequências para a vida no campo e na cidade.

Uma fazenda de 120 hectares, com 1.300 vacas, produz 16 mil litros de leite por dia, por exemplo. Isso dá cerca de 12 litros por animal diariamente. Contudo, elas produzem algo em maior quantidade: resíduos, como fezes e urina. Uma única vaca produz cerca de 45 quilos de esterco e urina em 24 horas.

Quando o animal está no pasto, o material é espalhado pela região, se degrada e vira adubo com o passar do tempo. Entretanto, muitos fazendeiros mantêm os animais confinados, situação que promove o acúmulo de resíduos no chão. Se o chorume vaza, ele pode contaminar o solo e a água. Como é uma matéria orgânica, rouba o oxigênio da água para se decompor.

Consequentemente, ele impossibilita a vida, matando peixes e outros animais. Além do mais, a contaminação de nascentes e lençóis freáticos é um problema que coloca em risco o abastecimento hídrico de toda a região.

Ao utilizar o chorume na fertilização de pastagens, você evita todas essas questões em sua propriedade. Com os procedimentos corretos, é possível transformá-lo em fertilizante e mostrar o caráter sustentável da sua propriedade.

Lembre-se de que você será um exemplo em seu ramo de atuação, mostrando que é possível produzir com qualidade e preservar a natureza.

Aumenta a produtividade

A composição do solo influencia diretamente a produção de uma fazenda. Tentar plantar frutas, legumes e verduras em local pobre em nutrientes é tarefa difícil, que traz poucos resultados positivos. A qualidade do pasto também depende dos componentes do terreno.

O chorume é utilizado na fertilização de pastagens para melhorar a qualidade do alimento dos animais e garantir tudo o que a plantação precisa para crescer forte e saudável. Por isso, ele aumenta a produtividade da fazenda.

As moscas e o mau cheiro são outros problemas que são eliminados também. Como os dejetos são manejados corretamente, evita-se a propagação de doenças. Desse modo, a qualidade de vida do gado é garantida.

Reduz custos

O orçamento financeiro da propriedade é muito importante, certo? De nada adianta utilizar novas tecnologias se as contas não são pagas e os lucros não vêm. Quem utiliza o chorume na fertilização de pastagens só tem a ganhar e diminuir as despesas.

O preparo desse material não agrega valor à produção, pois já é necessário prever a construção de um local para a acomodação dos dejetos, a chamada esterqueira, no ambiente de confinamento animal.

Não esqueça que o uso do chorume na fertilização de pastagens elimina a necessidade de comprar produtos e fertilizantes para o solo — outra questão que ajuda a melhorar o seu desempenho financeiro.

Ao ler este post, você descobriu como é importante utilizar o chorume na fertilização de pastagens. Essa prática ajuda na preservação do meio ambiente, melhora a produção da fazenda e otimiza o orçamento financeiro da gestão.

Todas essas questões aprimoram o seu desempenho e fazem com que você conquiste mais espaço no mercado. Isso acontece porque os consumidores desejam produtos de qualidade e que são produzidos com técnicas sustentáveis.

Apesar de todas essas vantagens, alguns produtores ainda têm receio de utilizar o chorume, seja pela falta de conhecimento, seja pelo despreparo técnico. Portanto, mostre aos seus colegas que essa prática é benéfica para todo mundo, utilizando-a em sua propriedade o quanto antes.

E então, quer aprender ainda mais sobre os melhores procedimentos e produtos para a produção no campo? Basta assinar a nossa newsletter e acompanhar os nossos lançamentos!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Dropshipping

Dropshipping é o modelo de negócio em que a loja vende produtos de forma online sem precisar manter estoque para realização dessa venda. Em resumo;

Abrir bate-papo
Fale com a gente!