Gestão rural: confira 6 boas práticas para gestão de fazendas

Quem trabalha com gestão rural sabe que é muito importante estar preparado para superar desafios. Assim, um engenheiro agrônomo deve tomar atitudes eficientes, que otimizam os investimentos financeiros, modernizam a fazenda e garantem a qualidade da produção agrícola.

Entetanto, alguns profissionais enfrentam dificuldades e não conseguem alcançar os resultados que desejam, seja pela falta de conhecimento técnico, seja pelo medo de inovar.

Dessa forma, este post vai ajudar a melhorar a gestão rural com seis dicas que você deve colocar em prática o quanto antes. Confira.

1. Realize o mapeamento de processos

Já se foi o tempo em que uma propriedade rural era administrada sem procedimentos administrativos. Na verdade, é essencial tratá-la como uma empresa que depende do correto funcionamento de todos os seus setores.

De nada adianta, por exemplo, querer engordar o gado se você não utiliza metodologias adequadas. Portanto, o mapeamento de processo é uma atividade que não pode faltar em seu planejamento.

Essa é uma ferramenta gerencial e comunicativa que fomenta a melhoria dos trabalhos internos da empresa. Em outras palavras, o mapeamento de processos fornece as informações necessárias para que você conheça mais sobre gestão rural.

Assim sendo, você deve analisar tudo o que acontece ao seu redor, considerando:

  • materiais utilizados;
  • profissionais envolvidos;
  • prazos contratuais;
  • posicionamento de concorrentes;
  • objetivos empresariais.

A partir disso, é possível encontrar gargalos com mais facilidade e evitar empecilhos, garantindo o aumento de produtividade.

E não pense que isso deve ser realizado apenas no momento inicial da gestão rural. O mapeamento de processos é algo constante. Você não pode parar de analisar resultados a fim de agradar o seu chefe com bons resultados.

2. Faça um bom controle financeiro

Muitos gestores desejam aumentar os lucros e diminuir as despesas, não é mesmo? Contudo, essas questões não acontecem do dia para a noite. Na prática, os resultados financeiros positivos só são alcançados quando você dedica muito tempo e atenção em sua rotina de trabalho.

Portanto, realize um controle financeiro adequado às suas metas. Saiba que existem diversas maneiras para colocar isso em prática:

  • controlar e registrar as movimentações do estoque;
  • fazer o fluxo de caixa;
  • não criar dívidas que não podem ser pagas;
  • realizar investimentos;
  • acompanhar as oscilações do mercado, inclusive a cotação do dólar;
  • saber negociar com fornecedores.

Viu como é possível melhorar o desempenho financeiro da gestão rural com simples atitudes?

3. Utilize tecnologias na gestão

Os avanços tecnológicos estão mudando a forma como os negócios se relacionam com seus clientes — e não poderia ser diferente na gestão rural. Atualmente, você pode aplicar tecnologias na produção sem precisar investir grandes quantias financeiras.

Infelizmente, alguns produtores ainda estão presos ao passado, acreditando que a modernização da fazenda não é benéfica. Quem toma essa atitude acaba perdendo espaço para concorrentes, pois os consumidores buscam mercadorias com cada vez mais qualidade.

A seguir, você encontra uma lista com as principais ferramentas que devem fazer parte da gestão rural:

Ebook LonaxPowered by Rock Convert
  • redes de telefonia móvel: permitem a comunicação rápida e eficiente entre os trabalhadores;
  • dispositivos móveis: equipamentos que ampliam o campo de atuação dos agricultores, como os telefones celulares;
  • softwares de gestão agrícola: reúnem informações e automatizam processos.

4. Preze pela manutenção das instalações pecuárias

O proprietário de uma fazenda que planta café precisa tomar cuidados diferentes da gestão rural especializada em gado de corte, correto? Percebe-se, então, que cada propriedade tem características e objetivos diferentes.

Contudo, todas elas devem manter-se antenadas quanto à manutenção das instalações pecuárias. Todos os equipamentos precisam estar disponíveis a todo momento. Quando isso não acontece, você corre o risco de ter que paralisar a produção.

Por isso, monitore o desempenho de cada máquina que auxilia o crescimento da fazenda, como os procedimentos de silagem e a compactação do feno. Não deixe de lado os veículos utilizados pelos funcionários.

As cercas da propriedade merecem muita atenção também. Se elas não forem adequadas ao porte do seu rebanho, os animais podem se machucar ou fugir — situações que atrapalham a sua performance.

Ou seja: crie um plano de manutenção adequado às suas necessidades e evite dores de cabeça.

5. Treine os funcionários

As decisões de um engenheiro agrônomo definem o futuro da gestão rural. Contudo, não é possível obter resultados positivos trabalhando sozinho. Você deve contar com um time antenado com as novidades do mercado, que utiliza técnicas seguras e eficientes.

Em vista disso, realize treinamentos constantes com todos os funcionários. Utilize esses momentos para transmitir conhecimentos e alinhar as expectativas que o negócio tem sobre cada um deles.

Tenha em mente que é necessário utilizar linguagem adequada para tornar os processos de capacitação mais proveitosos. Além disso, esteja aberto e sempre escute os feedbacks que eles têm a dizer sobre a sua atuação. Um bom líder sabe ouvir o que os seus colaboradores pensam e coloca em prática boas sugestões.

No final das contas, você mostra o caráter humano da gestão rural, não se baseando apenas nos resultados financeiros obtidos.

6. Monitore o gado

Por último, é imprescindível coletar e armazenar dados sobre o gado da gestão rural. A análise de algumas informações, como as questões de saúde, o tempo de reprodução, o período de parto e a época de desmame, não deixa que você tome decisões equivocadas.

Ao deparar com algum problema, não hesite em procurar suas causas e propor medidas para solucioná-las.

Lembre-se de manter o ambiente de convivência dos animais em bom estado também. Essa atitude parece simples, mas evita acidentes e garante a qualidade da produção leiteira e do gado de corte.

Com a leitura deste post, você ficou por dentro de algumas práticas que fazem toda a diferença na administração de uma fazenda. Por mais bem preparado e capacitado que você seja, saiba que podem acontecer imprevistos.

Dessa forma, sempre se mantenha ligado nas novidades do mercado, utilizando novas tecnologias e procedimentos em sua rotina de trabalho.

E então, gostou do nosso conteúdo? Quer aprender ainda mais sobre as melhores práticas de gestão rural? Basta continuar conosco e descobrir como deve ser a mistura de silagem para gado leiteiro!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Design com alma brasileira

A Lider Interiores é uma empresa brasileira do ramo moveleiro, fundada em 1945 por João da Mata Nogueira na cidade de Carmo do Cajuru, Minas

Abrir bate-papo
Fale com a gente!