Estufa tipo túnel: Saiba agora mesmo como construir uma

As estufas agrícolas são muito conhecidas por produtores rurais pela capacidade de otimizar a agricultura em regiões de clima desfavorável. Elas protegem as plantas de estiagens, geadas e excesso de raios ultravioletas, permitindo o cultivo durante o ano todo sob qualquer condição climática.

Uma estufa tipo túnel tem estrutura em formato de arco e recebe cobertura feita com plástico, podendo ser do tipo túnel ou túnel baixo. A principal diferença é que a segunda é erguida por cima de fileiras de plantio individuais, enquanto a primeira pode cobrir um maior número de fileiras.

Ao contrário das estufas tradicionais, as do tipo túnel otimizam a temperatura sem a necessidade de aquecedores ou ventiladores. Além disso, elas permitem um melhor monitoramento de pragas e maior absorção de nutrientes em comparação com o plantio em campo aberto. Ficou curioso? Continue a leitura e entenda sobre o assunto!

Quais os materiais necessários?

As estufas tipo túnel são constituídas, basicamente, por uma armação em formato de arco e uma cobertura, que podem ser feitos a partir de vários materiais.

Entre os mais comuns usados em armações figuram madeira, PVC e aço galvanizado. A cobertura se dá com plástico, e filmes agrícolas consistem na alternativa ideal. Veja as características de cada componente.

Arco de aço galvanizado

O aço galvanizado é o material mais durável e resistente para a construção de estufas agrícolas. Os tubos são resistentes à corrosão e à deformidades ao longo do tempo, além de não propagarem chamas com facilidade. Apesar de apresentar custo superior, sua longevidade consiste em um benefício que compensa o investimento.

A principal desvantagem é que o processo de galvanização exige reparações ao longo do tempo, principalmente em regiões de clima litorâneo, onde o desgaste se acentua.

Arco de PVC

O PVC é um dos materiais mais acessíveis para proprietários agrícolas, sendo amplamente utilizado em estufas de baixo custo.

Sua maleabilidade facilita a formação dos arcos, porém a leveza faz com que não seja indicados em regiões de vento forte. Ele é bastante empregado em estufas caseiras, já que não exige mão de obra especializada.

Arco de madeira

A madeira também figura com frequência na construção de estufas, já que se trata de um componente comum e versátil.

Apesar do baixo custo, sua vida útil não é tão prolongada como a do aço galvanizado, além de exigir mão de obra com conhecimento em carpintaria para manuseio.

Filmes agrícolas

Os filmes agrícolas são plásticos transparentes criados especialmente para a cobertura de estufas.

Eles difundem a luz solar enquanto protegem as plantas do incidência direta do sol, além de manterem o ambiente aquecido mesmo durante a noite. Um plástico de boa procedência deve receber tratamento contra raios UV, pois isso aumenta sua durabilidade e resistência contra insumos agrícolas.

O filme agrícola é um dos grandes responsáveis pela produtividade no cultivo protegido, uma vez que acelera o crescimento da planta enquanto a protege de doenças e pragas. Por estes motivos, ele também atua no processo de redução de agrotóxicos na lavoura.

Ebook LonaxPowered by Rock Convert

Sombrite

O sombrite é uma tela de sombreamento utilizada em várias situações, nas quais se deseja amenizar os efeitos da luz solar em excesso.

A tela possui micro furos que permitem a passagem de ar e umidade e, assim como o filme plástico, protege as plantas de ações climáticas, poeira, insetos e outros acontecimentos danosos à agricultura.

Como construir uma estufa tipo túnel?

Os métodos de construção das estufas tipo túnel variam largamente conforme o material usado e suas finalidades. Apesar disso, sua montagem é simples, precisando de pouca ou nenhuma mão de obra especializada. A seguir, veja algumas dicas do que fazer.

Tamanho do túnel

O tamanho do túnel está diretamente relacionando à finalidade do cultivo. Para túneis baixos são indicadas plantas de pequeno porte, enquanto túneis altos exigem plantas maiores.

É importante considerar que o tamanho ainda influencia no controle de temperatura. Túneis baixos retêm mais calor e tendem a ser menos arejados, tornando necessário algum tipo de abertura nas laterais para o controle de ventilação. Tal cuidado também é vital para permitir o acesso de pessoas pelo lado de fora da plantação.

Já os túneis altos facilitam a circulação de ar e o abrandamento da temperatura quando preciso. Para otimizar ainda mais esses mecanismos, é possível projetar portas nas duas extremidades opostas.

Montagem do arco

Para começar, demarque a área do terreno de acordo com as dimensões da estufa. O próximo passo é cravar no solo os materiais que servirão de sustentação para os arcos, em fileiras e com o espaçamento desejado. Eles podem ser esteios de madeira, tubos de ferro ou PVC, concreto ou qualquer outra coisa que cumpra tal propósito.

Então, basta curvar os canos e fixá-los no chão, junto aos materiais de sustentação. A junção pode ser feita com arames, tiras de borracha, pregos, parafusos, porcas e o que mais for necessário para deixar a estrutura firme. Para terminar, cubra os arcos com o plástico, usando estacas de madeira para prendê-lo no chão.

Visando melhorar a sustentação, é interessante usar tubos ou vigas na horizontal para unir os arcos, além de suportes auxiliares na vertical.

Para maior aproveitamento da radiação solar, recomenda-se que o eixo maior da estufa seja posicionado na direção Leste-Oeste, que também deve preferencialmente coincidir com a direção dos ventos.

Sistema de irrigação

É muito importante equipar as estufas com a irrigação adequada, uma vez que as plantas não receberão a água da chuva.

Vale considerar que as estufas já fazem um bom trabalho com a retenção de umidade. Por isso, um sistema que raciona a água, como o de gotejamento, consiste na opção mais adequada diante do cenário.

Uma estufa tipo túnel traz inúmeros benefícios para o produtor rural. Ela protege o cultivo de climas extremos, facilita o manejo de pragas e permite a criação do ambiente perfeito para cada espécie de planta.

Tudo isso não depende da época do ano, tendendo a entregar um ótimo custo-benefício. Para o melhor proveito das vantagens, atente-se a questões como qualidade e procedência dos materiais, buscando sempre fabricantes de confiança.

Já dissemos que uma das vantagens das estufas é a redução de agrotóxicos. Confira também estas dicas para diminuir ainda mais o seu uso na agricultura!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Dropshipping

Dropshipping é o modelo de negócio em que a loja vende produtos de forma online sem precisar manter estoque para realização dessa venda. Em resumo;

Abrir bate-papo
Fale com a gente!