Entenda o que é tanque circular de aquicultura e quando ele é indicado

Tanques circulares de aquicultura são largamente utilizados no cultivo de animais aquáticos devido aos seus inúmeros benefícios para a produtividade e a sustentabilidade nas fazendas. Além de otimizarem o espaço para a criação, eles proporcionam ambientes homogêneos e fáceis de limpar, aumentam a taxa de conversão de alimentos e diminuem a incidência de parasitas e predadores.

O sistema é altamente diverso, podendo ser usado na criação de peixes, camarões e outros organismos aquáticos, além de também servir como grandes reservatórios. A facilidade de manejo e controle da produção permite ainda o confinamento de uma grande população de animais em áreas menores, quando comparadas aos tanques quadrados ou retangulares.

Se você quer entender mais sobre o funcionamento dos tanques circulares, continue a leitura deste artigo para conhecer mais de seus benefícios e utilidades para a aquicultura!

Como funciona o tanque circular de aquicultura?

Os tanques circulares fazem parte do cultivo suspenso, no qual os tanques são instalados na superfície do solo em vez de escavados. Seu abastecimento é totalmente controlado por bombeamento ou condução por gravidade, sendo a água derivada de açudes, nascentes, canais ou até mesmo de chuvas e poços artesianos.

Os tanques suspensos são mais simples e rápidos de montar do que os escavados. Geralmente, são feitos em materiais plásticos, como lonas específicas para piscicultura. Eles garantem o melhor desenvolvimento dos organismos aquáticos, já que são produzidos de acordo com as necessidades biológicas das espécies.

Veja a seguir como é possível aumentar ainda mais a produção em tanques circulares.

Aquicultura em Sistema de Recirculação de Água

Uma das possibilidades dos tanques circulares é a Aquicultura em Sistema de Recirculação de Água (RAS)uma alternativa mais econômica que reduz muitas das limitações do tradicional método de criação aberta.

Nesse sistema, a água recebe continuamente três tipos de filtração: a mecânica, responsável pela eliminação de resíduos sólidos; a biológica, na qual a amônia e o nitrito são oxidados em nitrogenados menos tóxicos; e a gasosa, que remove o CO2 produzido pelos animais enquanto repõe o O2 consumido

Em outras palavras, o RAS reduz drasticamente o consumo de água, uma vez que suas trocas se tornam menos frequentes. Essa água pode ainda ser reaproveitada total ou parcialmente, como fertilizante agrícola, por exemplo.

Como fazer a instalação de tanques circulares?

As primeiras questões levantadas são a disponibilidade do local e da água. Como tanques circulares demandam menos espaço e menos água, isso representa uma vantagem para pequenos produtores que precisam lidar com as limitações de recursos.

Em seguida, é preciso fazer o nivelamento do terreno onde será feita a instalação, sendo recomendável o uso de contrapisos em áreas que não podem ser completamente niveladas. Então, basta apenas prosseguir com a montagem das peças, que pode ser feita pelo próprio responsável pelos criadouros, uma vez que os fornecedores já vendem os kits completos.

Além dos tanques de cultivo, onde os peixes serão criados, o sistema também necessita de um tanque de decantação e um filtro biológico, para a retirada de partículas de maior tamanho e o excesso de amônia, respectivamente. A presença desses módulos depende do tipo de cultivo realizado, se é aberto ou em recirculação.

Quais os principais usos dos tanques na aquicultura?

A piscicultura é a primeira utilidade que vem à mente quando se fala em tanques de aquicultura. No entanto, a carcinicultura e a ranicultura são outras possibilidades de cultivo em confinamento.

Piscicultura

Na piscicultura, a tilápia é uma das espécies mais cultivadas em tanques suspensos. Outras escolhas possíveis são os peixes pirarucu, tambaqui, garoupa, pacu e tabatinga. Peixes ornamentais são espécies de alto valor no mercado, que também podem ser cultivadas em tanques circulares.

Carcinicultura

A carcinicultura — cultivo de camarão — é outro mercado em expansão no Brasil. A técnica é relativamente antiga em nosso país, estando concentrada principalmente no Rio Grande do Norte. A curta duração nos cultivos e os preços elevados de camarão no mercado são grandes vantagens para o produtor.

Ranicultura

Apesar de pouco popular no Brasil, a criação de rã abastece um nicho muito sofisticado de carnes exóticas com potencial para ser explorado. A espécie que melhor se adapta ao confinamento é a rã-touro gigante, que tem rápido crescimento e reprodução.

Reservatório

Os tanques circulares podem ser usados para a estocagem de qualquer tipo de elemento, como líquidos e grãos. Eles também são úteis para captação de água das chuvas e como cisternas em locais com escassez de água.

Quais benefícios esse tipo de tanque oferece?

Os tanques circulares oferecem inúmeras vantagens, tanto para o produtor quanto para o ecossistema. Além da otimização do espaço de confinamento, eles causam menos impactos ao meio ambiente por utilizarem menos água e não liberarem afluentes em outros habitats.

Limpeza prática

A capacidade de limpeza é uma das características mais marcantes dos tanques circulares. Suas forças gravitacionais e centrifugais permitem que o fluxo de água carregue os detritos sólidos para o dreno central com bastante facilidade, o que resulta em menores riscos sanitários na produção.

Aumento no cultivo

O próprio formato dos tanques circulares já é responsável pela criação de mais quilos de peixe por quantidade de água. A homogeneização da água é outro fator que contribui para isso. Como o oxigênio e os alimentos são uniformemente distribuídos ao longo do tanque, todos os animais terão acesso à mesma quantidade desses elementos.

Alimentos de mais qualidade

Os tanques circulares contribuem bastante para a produção de alimentos com qualidade nutritiva. Além da melhor disponibilidade de alimentos, eles exigem menos limpeza manual. Com isso, os trabalhadores acabam tendo um contato reduzido com os animais, que desenvolvem menos estresse e crescem mais saudáveis.

Produção sustentável

A aquicultura em tanques circulares produz afluentes ricos em nutrientes, como fósforo, potássio e nitrogênio. Como a saída de água é controlada no sistema confinado, muitos produtores o utilizam associado à agricultura, reaproveitando essa água nutritiva como adubo para as plantas. Ou seja, é um recurso para quem procura a sustentabilidade na fazenda.

Tanques circulares de aquicultura são a melhor escolha para quem deseja investir no mercado, uma vez que seus custos de implementação são menores e sua produtividade é acelerada. O cuidado mais importantes que se deve ter é com a qualidade da água, para evitar contaminações. Além disso, é essencial verificar a procedência da lona. A necessidade de mão de obra especializada também aumenta conforme os recursos forem sendo agregados aos tanques.

Viu como tanques circulares são a escolha certa para a aquicultura? Ajude agora mesmo seus colegas de fazenda a conhecerem todas essas vantagens, compartilhando este artigo nas suas redes sociais!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Design com alma brasileira

A Lider Interiores é uma empresa brasileira do ramo moveleiro, fundada em 1945 por João da Mata Nogueira na cidade de Carmo do Cajuru, Minas

Abrir bate-papo
Fale com a gente!