Confira os principais erros cometidos na construção civil e saiba como evitá-los!

Uma reforma ou construção pode causar muita dor de cabeça. As coisas podem não sair como o planejado e causar problemas como atrasos e gastos não previstos.

Toda implantação ou reparo demanda etapas que vão desde a escolha de matéria-prima até a contratação de funcionários e fornecedores. Todas essas etapas são essenciais e interdependentes.

Alguns contratempos podem ser inevitáveis, mas é essencial que sejam minimizados da melhor forma para que gastos fora do escopo não sejam necessários. Neste post listamos os erros na construção civil mais comuns e dicas de como evitá-los. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Planejamento falho

O planejamento é a primeira etapa para qualquer projeto, e tende a ser também a mais importante. As responsabilidades, atividades e atribuições são apresentadas junto aos seus respectivos prazos.

Determinar prazos muito apertados, em que os funcionários gastam mais tempo do que o calculado para a execução do serviço, pode gerar atrasos e gastos com atividades não previstas.

Para um planejamento factível converse com os operários diretamente envolvidos no projeto. Dessa maneira, todas as particularidades da obra serão consideradas na guia de tempo do projeto.

Falta de definição ou grandes alterações de escopo

É normal que durante a fase de execução o escopo inicial do projeto sofra alterações. Majoritariamente essas alterações vêm de uma nova ideia ou de uma mudança a pedido do cliente.

O cliente final nem sempre tem conhecimento do custo e do impacto de tempo que essas “pequenas” modificações podem causar, mas também não quer sentir esse impacto.

Durante as fases de planejamento e projeto, liste os objetivos finais da obra. Ambientes mais iluminados, banheiro maior ou cozinha mais arejada são exemplos de objetivos. Todas as partes devem estar alinhadas para que durante a execução não seja necessária uma mudança de escopo que possa causar atrasos.

Não fazer orçamentos

Diversos fornecedores vão disponibilizar o material especificado para o andamento do trabalho. Fazer compras com pressa ou sem analisar os preços do mercado pode causar um rombo no orçamento final do empreendimento.

Para evitar esse transtorno, mantenha sempre um cadastro de empresas de confiança. Faça uma comparação de valores e prazos de entrega e crie um histórico de bons relacionamentos com cada estabelecimento. Não se esqueça de valorizar igualmente os preços e a qualidade do produto ofertado em cada orçamento.

Na ocorrência de algum imprevisto com o primeiro fornecedor, tenha outro em mente que possa entregar pelo menos o necessário para que os trabalhadores possam continuar em suas atividades.

Não investir em mão de obra especializada

Este não é um problema exclusivo do setor de construção civil: a falta de mão de obra qualificada ou especializada é a causa predominante de erros e atrasos de projetos.

A ineficiência operacional frente ao uso de novas tecnologias geralmente é a principal causa da falta de profissionais qualificados. A principal consequência é o desgaste com esforços em atividades que não agregam no valor final do projeto de construção.

Sendo assim, é importante buscar referências ao contratar empresas de recrutamento ou empreiteiras. Após a escolha da equipe, esteja sempre em contato com os funcionários e ofereça treinamentos específicos quando necessário.

Ter falhas na comunicação interna

Como já mencionamos, todas as etapas do projeto são interdependentes, da mesma maneira que as tarefas executadas por cada funcionário.

Mesmo que simples, ordens de projeto devem passar pelo cliente, setor administrativo, arquitetos, engenheiro responsável e mestre de obras antes de chegar ao operário. Todos devem falar a mesma língua para que a integração das áreas aconteça de maneira eficaz.

A comunicação interna deve estar alinhada para evitar perda de informações ou duplas interpretações. Mantenha as documentações do projeto de forma centralizada e de fácil acesso a qualquer pessoa envolvida. Evite enviar muitos e-mails e fazer telefonemas que possam confundir a frente de serviço.

Não se atentar aos detalhes

Chão sem caimento? Frequente em cozinhas, varandas e banheiros, resulta em poças de água indesejadas.

Poucas tomadas em cada cômodo? Resultado: Acúmulo de plugues, sobrecarga da rede e problemas com a fiação.

Falta de vedação nas portas e janelas? Infiltrações e casa molhada mesmo quando as janelas estão completamente fechadas durante chuvas.

Pode parecer que não, mas esses são alguns dos principais erros de projeto na construção civil. Eles podem ser evitados quando contratamos engenheiros e arquitetos experientes. Os profissionais devem sempre acompanhar a obra de perto, vistoriando todos os detalhes.

Dispensar um diário de obras

Um cronograma não assegura que as atividades serão realizadas conforme programado. A ausência de um acompanhamento diário dificulta a avaliação e garantia do andamento de todas as etapas.

Para que o rastreamento seja real, é importante criar um diário. Para visualizar o dia a dia da obra, será necessário que a equipe se habitue a manter esse histórico. O benefício dessa ferramenta é não apenas medir o avanço, mas também identificar quais problemas estão gerando falhas na execução.

Erros na construção civil são recorrentes e é necessário que todas as medidas sejam tomadas para que consequências maiores sejam evitadas. Veja abaixo algumas dicas importantes para que o tempo e a qualidade do empreendimento sejam mantidos:

  • dedique tempo na elaboração de um cronograma com prazos reais e executáveis;
  • entre em contato com fornecedores de confiança e escolha o melhor orçamento baseado em preço e qualidade dos materiais;
  • tenha objetivos para criação de um escopo bem definido;
  • invista em mão de obra qualificada, que se comunique de forma clara;
  • contrate engenheiros e arquitetos que acompanhem e se responsabilizem durante todo o tempo de trabalho;
  • crie a rotina de um diário de obras.

Partindo do pressuposto que o planejamento foi entregue e compreende todas as atividades e os prazos, os fornecedores foram definidos, frente de serviço contratada e plano estipulado, a próxima etapa é fazer um gerenciamento para que tudo seja executado.

Imprevistos podem acontecer e devemos fazer o máximo para que eles não gerem impactos negativos significativos. O ideal é que exista uma equipe responsável por utilizar ferramentas de gestão de forma que decisões sejam tomadas para minimizar possíveis erros na construção civil.

Gostou do nosso post? Então siga a Lonax nas redes sociais e esteja sempre por dentro das nossas novidades. Estamos no FacebookTwitter e LinkedIn.

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Dropshipping

Dropshipping é o modelo de negócio em que a loja vende produtos de forma online sem precisar manter estoque para realização dessa venda. Em resumo;

Abrir bate-papo
Fale com a gente!