5 melhores práticas para preparar concreto

A construção é um processo que envolve várias etapas, ferramentas e profissionais. Uma delas é a preparação do concreto, que abrange desde a qualidade do material até as proporções adequadas e os cuidados especiais para realizar o processo corretamente. Você sabe qual a melhor forma de preparar concreto? Então acompanhe este texto e conheça 5 práticas que farão a diferença na sua obra ou reforma!

1. Descubra qual o traço do concreto mais adequado

Traço é o termo utilizado para definir a quantidade de cada material utilizado: cimento, areia e brita. Um traço 1:2:3, por exemplo, significa que, a cada parte de cimento, serão adicionadas 2 partes de areia e 3 partes de brita. Ou seja, os numerais indicam o volume dos itens: o primeiro algarismo está relacionado ao cimento, o segundo à areia e o terceiro à pedra — essa é a ordem padrão.

É importante entender o funcionamento dessa expressão porque existe um traço específico para cada aplicação:

  • base de fundações;
  • contrapiso;
  • concreto para fundações;
  • pisos;
  • vigas;
  • pilares;
  • lajes e produção de pré-moldados em geral.

Por isso, a ajuda de um profissional é sempre essencial para definir qual o traço mais adequado para a obra.

2. Verifique a quantidade e a qualidade da água

A água é um dos materiais mais importantes nesse processo. Ao contrário do que você pode pensar, ela precisa ser tratada — isto é, ser potável. Caso utilize água de poço, verifique a qualidade dela com antecedência para não comprometer o concreto.

Outro fator importante é a dosagem: o excesso ou a falta de água prejudica o produto. Mas antes de acrescentar esse item, analise a umidade da areia que será utilizada na massa, pois, caso ela esteja alta, será necessário reduzir a água da mistura.

3. Faça uma escolha criteriosa dos materiais

Assim como o resultado final de um bolo depende dos seus ingredientes, a massa de concreto também depende dos materiais utilizados. Portanto, quando for definir o traço, leve em consideração os materiais de que dispõe: uma areia ou brita diferente é capaz de alterar totalmente o concreto.

A pesquisa de traços pela internet é muito comum, mas pode não ser eficiente devido à falta de alguns itens — como a areia lavada e a brita convencional. Por isso, antes de adquirir o material, consulte um profissional com experiência, que atue na sua região, para indicar se os produtos necessários para o seu traço estão disponíveis.

4. Consulte o tipo e a data de validade do cimento

Assim como a água, o cimento é um material fundamental na construção civil. O mercado brasileiro possui 11 tipos diferentes, com características e propriedades voltadas para aplicações específicas. A diferença entre eles está relacionada ao processo de moagem.

Mas, além de encontrar o tipo de cimento ideal para a obra, é muito importante verificar a data de validade. Caso esteja vencido, ele pode apresentar sinais de umidade ou estar petrificado. Além disso, tenha cuidado com o armazenamento para não prejudicar a sua qualidade.

5. Cuidados ao preparar concreto manualmente e na betoneira

Para fazer o concreto virado manualmente, tenha o cuidado de escolher um local plano, impermeável e limpo, para depois fazer a mistura dos materiais. Já com uma betoneira, é preciso verificar se o equipamento está limpo e em bom estado de conservação.

Agora, que você já sabe as principais dicas de como preparar concreto, sua obra estará muito mais segura. Lembre-se de realizar um checklist, incluindo bons materiais de construção e a checagem do traço ideal. Seguindo esses cuidados, não tem erro. Mas, em caso de dúvidas, consulte um profissional.

Gostou deste texto? Então assine a nossa newsletter e acompanhe outros conteúdos como este!

Siga nossas redes Sociais

Confira Também

Design com alma brasileira

A Lider Interiores é uma empresa brasileira do ramo moveleiro, fundada em 1945 por João da Mata Nogueira na cidade de Carmo do Cajuru, Minas

Abrir bate-papo
Fale com a gente!